PURGATÓRIO E PARAÍSO

Última Apresentação: 11 julho - 21H30 Datas: 27 junho, 4 e 11 julho
Hora: 21H30
Tipo: Teatro
Classificação: M/6
Promotor: QNTC | CMRM
Preço: 6,50 Euros (sem descontos aplicáveis) “Purgatório e Paraíso” fala-nos de Jorge, jovem ardiloso de gostos dispendiosos que satisfaz colecionando dívidas. Vive com a sua tia, a enigmática D. Emília que o despreza e que guarda todo o seu afeto e cuidados para a afilhada Luisinha, uma menina de origens pouco claras e que ama discretamente Alfredo, o aristocrático amigo de Jorge que depende inteiramente do seu pai. Estão assim apresentadas as personagens e os dilemas que enfrentam. Pelo meio vamos conhecer outras figuras, igualmente marcantes, que poderão determinar o final desta história. Encenador/Sonoplastia/Iluminador: Rui Calisto Elenco: Sara Fragoso; Leonor Fragoso; José de Lourenço; Hermínio Gonçalves; Ana Brites; Maria da Luz paixão; Margarida Costa; Isabel Vasconcelos; Florbela Rodrigues; Maria João Ramos; Joana Madeira; Pedro Feliciano; Carolina Pereira; Alexandra Diniz. Camilo Castelo Branco nasceu em Lisboa, em 1825. Tendo ficado muito cedo órfão, foi educado por uma tia em Vila Real. A sua personalidade inquieta, inconformista e apaixonada revelou-se desde cedo e a sua vida foi recheada de amores proibidos, dívidas, polémicas… Tendo sido o primeiro autor em língua portuguesa a viver exclusivamente do seu trabalho enquanto escritor, tem uma extensa obra, enquanto romancista, novelista, ensaísta, poeta, dramaturgo. É considerado, com justo mérito, um dos grandes da literatura em língua portuguesa. Camilo é bem conhecido como autor de romances e novelas em que se desenrolam intrigas, empolgantes, desesperadas ou comoventes; amores, puros, impossíveis, tocantes; personagens, trágicas, rígidas, cómicas. Dotado de um poder de observação poderoso, espelhou nas suas obras a sociedade do seu tempo, com as suas hipocrisias, medos, convenções e representações que conduzem as suas personagens para fins tantas vezes trágicos. Menos conhecida é a sua obra dramática. Camilo escreveu um conjunto de peças que alcançaram diferentes níveis de sucesso, sendo talvez a mais conhecida “O Morgado de Fafe em Lisboa”. “Purgatório e Paraíso”, em 3 atos, que agora apresentamos, foi publicada pela primeira vez em 1857. Informações e Reservas:
bilheteira@cineteatrorm.pt
ou
Tlm.: 961 789 266 – Tlf.: 243 999 350 (em Horário de Bilheteira) As reservas são válidas até 60 minutos antes do início do espetáculo NÃO É PERMITIDA A ENTRADA NA SALA APÓS O INÍCIO DO ESPETÁCULO, SALVO INDICAÇÃO DA EQUIPA DO CINETEATRO.

RESERVAR
Largo Aires de Sá, Rio Maior | Email: bilheteira@cineteatrorm.pt | Tel.243 999 350 | Tlm.961 789 266


Privilegie a reserva e compra antecipada de bilhetes | Uso de máscara obrigatório.

Evite filas de última hora e levante a sua reserva dentro do prazo de validade na bilheteira do Cineteatro.

NEWSLETTER
Receba no seu e-mail Noticias, Agenda e Estreias.
Todas as novidades do cinema e espetáculos.